Cecan | Centro do câncer Santa Casa de Piracicaba

Pesquisa Clínica

O QUE É PESQUISA CLÍNICA?

A pesquisa clínica na área médica é a maneira mais importante de aumentar os conhecimentos sobre as doenças e seus tratamentos (investigação científica). A medicina é uma das áreas que evolui mais rapidamente nos nossos dias. Esta evolução dos conhecimentos é consequência das pesquisas realizadas. Diariamente os jornais, revistas e a televisão trazem notícias de novos avanços e novos tratamentos para muitas doenças. Isso exerce um verdadeiro fascínio por várias razões, que vão desde a esperança de melhora, a possibilidade de trazer benefício a muitas pessoas, até a simples paixão pela descoberta. Tudo isso ocorre devido à realização com seres humanos, da chamada “Pesquisa Clínica” ou “Estudo Clínico” ou ainda “Ensaio Clínico”.

Hoje, todos os estudos clínicos devem obedecer a um conjunto de regras e princípios internacionais. Em 1960 foi lançada a Declaração de Helsinque que vem sendo aperfeiçoada, sempre no sentido de proteger o paciente e garantir sua integridade. Sua aceitação é universal.

O Brasil segue fielmente a declaração (e também desenvolveu regulamentos próprios, emitidos pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)) sobre pesquisas com seres humanos, o que nos coloca em pé de igualdade com qualquer país desenvolvido.

Todo este controle é muito importante para proteger os participantes. Hoje em dia, antes de participar de qualquer pesquisa clínica, é obrigatório que o pesquisador, seja médico ou outro profissional, peça o consentimento por escrito do candidato. O candidato deve aceitar voluntariamente a participar da pesquisa e passa a ser chamado de “sujeito da pesquisa”. O documento assinado antes do início do estudo contém informações importantes sobre tudo o que pode acontecer durante a pesquisa. Ele é a garantia de que o participante não será tratado como uma “cobaia”, mas com o respeito e atenção que merece alguém que, de vontade própria e sem pressões indevidas, se propõe a ajudar o pesquisador e toda a sociedade a progredir no campo de conhecimento médico.