Cecan

Câncer com Cor

Eles podem ser verde, verde piscina, verde escuro, verde musgo, laranja, azul marinho, azul claro, vermelho, lilás, cinza, branco, preto, amarelo, rosa, roxo ou bege. Tem até modelos mais coloridos, que misturam as cores e trazem os pequenos laços, símbolos da prevenção do câncer, nas versões vermelho e branco; rosa, verde e roxo; e rosa e azul.

Combinações perfeitas quando o parâmetro estético se estabelece pelo nível de consciência e os pequenos laços ganham, então, maior expressão, passando a ser acessórios cada vez mais utilizados por pessoas comprometidas em disseminar o poder ‘mágico’ da prevenção.

Como são vários os tipos da doença, diversas são as cores dos laços instituídos para lembrar que as atitudes preventivas do câncer devem ser diárias. Só assim é possível evitar a doença ou fazer com que ela seja diagnosticada em seu estágio inicial. O laço funciona, portanto, como um convite à reflexão: “Hei, vamos prevenir o câncer hoje?!”.

Um brado que ecoou de maneira mais incisiva em 1990, com o surgimento do laço vermelho, símbolo do ativismo pela prevenção da Aids. Não demorou muito e a fundação norte-americana Susan G. Komen, conhecida por sua atuação na prevenção do câncer de mama, adotou o laço cor-de-rosa.

Atualmente, apropriando-se do poder simbólico dos laços e suas cores, as campanhas de prevenção do câncer ganham cada vez mais cor e amplitude, oferecendo doses generosas de conscientização por meio da informação levada e compartilhada por milhares de pessoas.

Um compromisso assumido também pelo CECAN, que apresenta abaixo as cores específicas, vibrantes e repletas de energia e esperança adotadas para disseminar a prevenção do câncer.

Mergulhe você também no mundo das cores e descubra, mês a mês, qual laço acompanha cada tipo de câncer!

 

 

JANEIRO

Câncer cervical: laço verde piscina

 

O que é câncer cervical?

O câncer cervical, ou câncer do colo do útero, resulta de infecções persistentes causadas pelo Papilomavírus Humano – HPV. Na maioria das vezes, a infecção genital por este vírus é muito frequente e não causa doença. Alguns casos, entretanto, apresentam alterações celulares que podem evoluir para o câncer.

São alterações facilmente identificadas no exame preventivo, o Papanicolaou, e curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso a realização periódica deste exame é tão importante. Atualmente, 44% dos casos são de lesões precursoras do câncer cervical.

É o terceiro tumor mais frequente na população feminina, atrás do câncer de mama e do colorretal, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

 

Qual o significado da cor verde piscina, relacionada ao câncer cervical?

O verde é a cor média do espectro da luz visível, sendo, portanto, a cor do equilíbrio, da serenidade e da harmonia. Possui efeito calmante, refrescante e suavizante em todo o organismo, agindo como regenerador e harmonizador dos órgãos e sistemas.

Tem a propriedade de ativar a normalização das funções endócrinas para o bom funcionamento das glândulas. É um calmante do sistema nervoso, auxiliando nos casos de irritação, insônia e esgotamento. O estímulo visual com a cor verde tem propriedade antisséptica, bactericida, germicida e desinfetante.

 

FEVEREIRO

Leucemia: laço laranja

A leucemia é uma doença originada na medula óssea, local onde as células do sangue passam a ser reproduzidas de forma descontrolada, gerando os sinais e sintomas da doença, que surge em decorrência de alteração genética adquirida, ou seja, não hereditária.

A causa exata ainda é desconhecida; entretanto, alguns fatores de risco podem ser associados ao surgimento de leucemias e devem ser evitados a título de prevenção. São exemplos a exagerada exposição a produtos químicos, tratamento prévio com quimioterapia ou radioterapia e exposição à radiação ionizante (como bomba atômica e vazamento nuclear).

O tratamento varia bastante, mas geralmente a grande arma terapêutica para tratamento das leucemias é a quimioterapia.

 

Qual o significado da cor laranja, relacionada à leucemia?

O laranja estimula o sistema respiratório e a fixação de cálcio. Aumenta o tônus sexual e proporciona otimismo. Possui ação antiespamódica, alivia cãibras e dores devidas à tensão e ao estresse.

Do ponto de vista psicológico ajuda a remover repressões e inibições. Amplia a mente e a torna receptiva a novas ideias.

Câncer de vesícula biliar: laço verde

Os tumores das vias biliares são raros e correspondem a 3% de todos os tumores do trato gastrointestinal. Englobam as neoplasias com origem nas vias biliares e tem como tipo histológico mais frequente o adenocarcinoma, com mais de 90% dos casos, que acometem com mais frequência indivíduos com idade entre os 60 e 70 anos.

Inicialmente, a doença evolui sem causar sintomas, o que dificulta o diagnóstico precoce, fazendo com que a maior parte dos tumores das vias biliares seja diagnosticada em fase avançada. Quando surgem, os sintomas são inespecíficos e estão relacionados à obstrução dos ductos biliares pelo tumor.

A partir da suspeita clinica são solicitados exames de imagem que permitem a visualização da lesão suspeita. A biopsia confirmatória é essencial para o diagnóstico definitivo e para o tratamento por estadiamento da doença.

 

Qual o significado da cor verde, relacionada ao câncer de vesícula biliar?

O verde é a cor da natureza, do equilíbrio, da paz e da harmonia. Age no coração e na pressão sanguínea. Acalma e descongestiona. Do ponto de vista psicológico, proporciona um sentimento de renovação e vida nova.

MARÇO

Câncer colorretal: laço azul marinho

Os tumores do canal anal são raros, respondendo por apenas 2% dos tumores que acometem o trato digestivo. É mais frequente em mulheres e apresenta um pico de incidência acima dos 50 anos de idade.

Geralmente, apresentam um bom prognóstico e podem ser visualizados por meio de exame clínico, com a realização do toque retal, anuscopia e a proctoscopia. A biópsia, entretanto, é fundamental para o diagnóstico definitivo dos tumores, tratados em sua maioria com radioterapia e quimioterapia.

A prevenção está relacionada a hábitos de vida saudáveis, ao não-tabagismo e ao uso de preservativo em todas as relações sexuais.

 

Qual o significado do azul marinho, cor relacionada ao câncer do colorretal?

O índigo, ou anil, possui propriedades calmantes e relaxantes. É uma cor anestésica, anti-inflamatória, anti-hemorrágica e cicatrizante. Atua no sistema nervoso central, trazendo calma e paz mental. Diminui a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos.

Do ponto de vista psicológico, está relacionado à espiritualidade e à intuição. É vista como a cor da energia cósmica e da inspiração espiritual. Simboliza respeito, dignidade, devoção, piedade, sinceridade, espiritualidade, purificação e transformação.

Câncer de rim: laço vermelho

O câncer de rim representa cerca de 3% das neoplasias malignas do adulto, sendo duas vezes mais frequente nos homens que nas mulheres na faixa etária dos 50 aos 70 anos de idade.

A maioria dos casos é diagnosticada em fase inicial, quando o tumor ainda está confinado ao rim, o que aumenta as possibilidades de cura. 95% dos pacientes em média não apresentam sintomas e o diagnóstico se dá com base em exames de imagem, sendo a cirurgia a modalidade de tratamento curativo.
.
Embora não se saiba exatamente o que causa o câncer renal, são conhecidos alguns fatores de risco, como tabagismo, obesidade, hipertensão e história familiar, entre outros. Algumas medidas preventivas são recomendadas, a exemplo da interrupção do tabagismo, controle da pressão, dieta saudável, atividade física regular e controle do peso.

 

Qual o significado da cor vermelho, relacionada ao câncer de rim?

O vermelho estimula os nervos e a circulação do sangue, permitindo a liberação de adrenalina. Combate os efeitos nocivos do frio e é altamente energético e revigorante. Atua sobre o sistema nervoso, dando mais confiança, coragem, iniciativa e força de vontade, ajudando a superar a depressão e o cansaço.

ABRIL

Câncer de testículo: laço lilás

O tumor de testículo apresenta baixo índice de mortalidade e corresponde a 5% do total de casos de câncer entre os homens, sendo facilmente curado quando detectado precocemente.

Apesar da menor prevalência, o fato de o tumor afetar predominantemente homens em idade produtiva – entre 15 e 50 anos, preocupa; sobretudo pela chance de a doença ser confundida, ou até mesmo mascarada, por inflamações geralmente transmitidas sexualmente.

O câncer de testículo está relacionado a histórico familiar e problemas na bolsa escrotal; daí a importância do exame pediátrico para verificar se a descida dos testículos ocorreu normalmente. Por responder bem aos tratamentos, que podem se dar via quimioterápica, radioterápica ou cirúrgica, o tumor é de fácil diagnóstico e alto índice de cura.

 

Qual o significado da cor lilás, relacionada ao câncer de testículo?

No campo psicológico, o lilás simboliza respeito, dignidade, devoção, piedade, sinceridade, espiritualidade, purificação e transformação.

Na decoração – de paredes, em quartos e salas, por exemplo – pode ser usada para aliviar melancolia, estados depressivos e neutralizar ou elevar as energias de um ambiente, promovendo limpeza e elevação astral.

Câncer de esôfago: laço azul claro

Na maioria dos casos, o câncer de esôfago é diagnosticado em função dos sintomas. O problema é que, na fase inicial, ele não apresenta sinais. O progresso da doença, porém, geralmente ocasiona dificuldade ou dor ao engolir, dor atrás do osso do meio do peito, dor torácica, sensação de obstrução à passagem do alimento, náuseas, vômitos e perda do apetite.

A detecção precoce por meio de endoscopia digestiva é muito importante, já que a doença é mais agressiva devido ao esôfago não possuir membrana. O tratamento pode envolver cirurgia, radioterapia e quimioterapia, de forma isolada ou combinadas.

Como prevenção recomenda-se uma dieta rica em frutas e legumes, evitar o consumo frequente de bebidas muito quentes, alimentos defumados, bebidas alcoólicas e derivados do tabaco.

 

Qual o significado da cor azul, relacionada ao câncer de esôfago?

O azul é uma cor suavizante e calmante que atua no sistema nervoso central. Possui propriedades antissépticas, refrescantes e adstringentes que vitalizam o sistema respiratório.

Do ponto de vista psicológico, proporciona relaxamento, paz e quietude. Indicado para problemas de garganta em geral, febres, inflamações, dores de cabeça, insônia e nervosismo.

Câncer de cabeça e pescoço: laço vermelho e branco

O câncer de cabeça e pescoço é uma neoplasia que acomete a cavidade nasal (nasofaringe), a cavidade oral (orofaringe), a laringe e a hipofaringe. Há, também os tumores das glândulas parótidas, salivares e tireoide e os que atingem os ossos da cabeça e pescoço.

Os sinais e sintomas mais frequentes podem incluir o aparecimento de nódulo, ferida que não cicatriza, dor de garganta que não melhora, dificuldade para engolir e alterações na voz ou rouquidão, entre outros.

É o quinto tipo de câncer mais comum no mundo, sendo o consumo de tabaco e/ou álcool os principais fatores de risco envolvidos no seu desenvolvimento.

 

Qual o significado das cores vermelho e branco, relacionadas ao câncer de cabeça e pescoço?

O vermelho é altamente revigorante, energético e excitante. Atua sobre o sistema nervoso, dando mais confiança, coragem, iniciativa e força de vontade, ajudando superar a depressão e o cansaço.

O branco, por sua vez, é a união de todas as cores; combinação perfeita das frequências coloridas. Indicado para energizar todo o corpo. Transmite paz, calma e pureza e está relacionado à inocência. Representa o amor divino, estimula a humildade e a sensação de limpeza e claridade.

 


MAIO

Câncer de cérebro: laço cinza

O câncer cerebral se subdivide nos tipos primários, que podem se originar de células do próprio sistema nervoso central; e nos secundários, que se instalam a partir de tumores localizados em outros órgãos.

Embora sua incidência tenha aumentado nas últimas décadas, ele representa pouco mais de 2% de todas as neoplasias malignas da população mundial. Como peculiaridade, apresenta distribuição etária muito bem definida, com picos em crianças e adultos acima dos 45 anos.

As causas ainda não são muito bem definidas. Um tema, aliás, que ainda tem gerado discussões controversas é a relação entre tumores cerebrais e a exposição à radiofrequência, a exemplo da telefonia móvel e telecomunicações. Os dados, porém, ainda não são conclusivos.

O diagnóstico da doença geralmente se dá por meio de exames de imagem, com ou sem biópsia, e o tratamento pode envolver cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia.

 

Qual o significado da cor cinza, relacionada ao tumor cerebral?

O cinza pode simbolizar estabilidade, sucesso e qualidade, mas em excesso pode transmitir morbidez e falta de vigor. Se bem utilizado, oferece equilíbrio e flexibilidade.

É a expressão da neutralidade, mas também símbolo da indecisão e da falta de energia. Mesmo que frequentemente caracterizada como uma cor sem movimento, o cinza é uma cor dotada de compostura, solidez e estabilidade.

JUNHO

Câncer de pele / melanoma: laço preto

Definido pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele, o câncer da pele é o tipo de tumor mais incidente na população, perfazendo cerca de 25% de todos os tipos de cânceres.

Como qualquer célula da pele pode originar um câncer, existem diversos tipos de câncer de pele. Eles estão associados a histórico familiar e a fatores de risco que envolvem exposição solar, idade e sexo, atingindo mais os homens acima dos 50 anos. Pessoas com a pele, cabelos e olhos claros também têm mais chances de desenvolver a doença, assim como os albinos e aquelas com sardas pelo corpo.

A prevenção requer sol moderado e atenção a qualquer mudança, como aparecimento de novas pintas ou alterações na cor e formato das já existentes.

 

Qual o significado da cor preta, relacionada ao câncer de pele?

O preto é a cor do mistério, do poder, da sobriedade e da dignidade. Confere sofisticação, elegância e luxo. É também a cor da introspecção, favorecendo a autoanálise. Usado em excesso, porém, predispõe à melancolia. Também pode sugerir silêncio, tristeza e reverência.

Para alguns, a cor preta é resultado da ausência de cor; para outras, da ausência de luz. A cor, entretanto, existe graças à luz, e o preto se manifesta quando determinada superfície absorve todos os comprimentos de onda do espectro solar.

JULHO

Sarcoma: laço amarelo

Sarcomas são tumores cancerígenos relativamente raros que correspondem a cerca de 1% de todos os tumores. São mais incidentes em pacientes com idade acima dos 65 anos e classificados de acordo com o tipo de tecido histológico dos quais derivam. 80% deles são provenientes de partes moles (como músculos e vasos sanguíneos) e 20% descendem de ossos.

Em cerca de 50% dos casos, surgem nas extremidades, com destaque para os membros inferiores, onde são diagnoticadas 30% das lesões. Aproximadamente 35% são intra-abdominais, 10% originam-se no tronco e 5% na cabeça e pescoço. A idade média de diagnóstico é de 65 anos. Tem como fatores de risco a exposição à radiação ionizante, síndromes genéticas familiares e agentes químicos.

O tratamento pode ou não envolver quimioterapia e/ou radioterapia mas a cirurgia se mantém como a principal arma terapêutica contra os sarcomas. Sua retirada com áreas de tecido normal ao redor para manutenção de margens livres de neoplasia melhora o prognóstico e reduz as chances de disseminação da doença.

 

Qual o significado da cor amarela, relacionada ao sarcoma?

O amarelo atua no sistema nervoso central e vitaliza os neurônios, favorecendo o raciocínio e a memória. Combate a preguiça funcional dos órgãos internos, estimula o fígado e o intestino. Vitaliza o coração e todo sistema circulatório, fortalecendo a defesa imunológica do organismo.

Do ponto de vista psicológico estimula o raciocínio lógico e melhora o autocontrole, favorecendo o equilíbrio e o otimismo.

 

Câncer de bexiga: laço rosa, verde e roxo

A bexiga é um órgão muscular oco, elástico e em forma de bola, cuja função é armazenar e eliminar a urina produzida pelos rins. Essa urina chega até a bexiga através de dois órgãos em forma de canudos chamados ureteres e, depois, é eliminada para o meio externo por um canal chamado uretra. Está localizada na pélvis (bacia) na frente do reto, nos homens, e nas mulheres, na frente do útero.

Também chamado de carcinoma urotelial, o câncer da bexiga se inicia no revestimento interno do órgão, em sua camada superficial, e pode se disseminar pela parede da bexiga, pelos gânglios linfáticos ou pelo sangue.
Apresenta como principal sintoma o sangramento na urina, conhecido como hematúria, visível a olho nu na maioria das vezes. A dor é pouco frequente, mas pode ocorrer ao urinar.

Inicialmente, pode ser diagnosticado por métodos de imagens, como o ultrassom, a tomografia computadorizada e a ressonância magnética. A cintologia oncótica urinária, exame que procura células suspeitas de tumor na urina, pode auxiliar no diagnóstico. As alterações suspeitas, entretanto, devem ser confirmadas pela cistoscopia, exame de endoscopia que permite visualizar o interior da bexiga com uma câmera introduzida pela uretra.

 

Qual o significado das cores rosa, verde e roxo, relacionadas ao câncer de bexiga?

O rosa é a cor que vibra o amor e enaltece a beleza feminina. Energiza o sistema nervoso, é tonificante e purificador sanguíneo. Indicado para desintoxicar os centros nervosos, tonificar e vitalizar os nervos e favorecer a circulação.

O verde é a cor da natureza, do equilíbrio, da paz e da harmonia. Age no coração e na pressão sanguínea. Proporciona um sentimento de renovação.

O roxo (ou violeta), por sua vez, aumenta o magnetismo pessoal. Atua de modo mais tranquilizante no sistema nervoso, exercendo efeito calmante. É anti-inflamatório, desinfeccionante e antiestressante.

 

Câncer ginecológico/do colo do útero: laço verde escuro

O câncer de colo do útero está intimamente associado à infecção pelo Papiloma vírus humano, o HPV, doença sexualmente transmissível de maior prevalência no mundo e mais recorrente em mulheres jovens.

Esse vírus é facilmente transmitido através do contato sexual, inclusive sexo oral, mesmo que não tenha havido penetração. Por isso, é importante o uso do preservativo em todas as formas de contato sexual, o que também inclui as preliminares.

A doença pode ser facilmente detectada nos exames preventivos, a exemplo do Papanicolaou, e se diagnosticada precocemente, é curável na quase totalidade dos casos, pois sua evolução, na maioria das vezes, acontece de forma lenta. Daí a importância da realização periódica de exames.

No Brasil, a estratégia de prevenção e diagnóstico precoce recomendada pelo Ministério da Saúde abrange a utilização de preservativos, a realização de exames de Papanicolaou, a partir dos 25 anos, e a vacinação contra HPV, a partir dos nove anos de idade. Desde 2017, o Ministério da Saúde passou a oferecer gratuitamente a vacina também para meninos na faixa etária dos 12 aos 13 anos.

 

Qual o significado do verde escuro, cor relacionada ao câncer de colo de útero?

Cor da esperança e da saúde, também atrai bem-estar e tranquilidade. As tonalidades de verde estão ligadas ao sentido de esperança, de vida e de sorte. Ele acalma e traz segurança.

AGOSTO

Linfoma: laço verde claro

Os linfomas são neoplasias malignas que atingem órgãos e estruturas do sistema linfático, fundamental na manutenção da defesa do organismo contra infecções. Na maioria das vezes, eles se originam dos linfonodos ou gânglios linfáticos, mas eventualmente podem acometer outros órgãos, como baço, fígado, medula óssea, estômago, intestino, cérebro e pele, entre outros.

De uma forma bem ampla, podem ser classificados em linfomas de Hodgkin e linfomas não-Hodgkin. Cada categoria abrange inúmeros outros subtipos de linfomas mais específicos ainda, com comportamentos e prognósticos diferentes. A quimioterapia e a radioterapia são as modalidades de tratamento mais utilizadas.

Com relação aos sintomas, o paciente pode ser completamente assintomático ou apresentar sintomas específicos de acordo com o seu subtipo e fase da doença. Entre os mais comuns estão a perda de peso, febre, sudorese noturna, coceira no corpo, aumento dos gânglios linfáticos, fraqueza e fadiga.

 

Qual o significado do verde limão, cor relacionada ao linfoma?

A cor verde-limão é uma tonalidade do verde muito usada na cromoterapia. Trata-se da sinergia do amarelo-claro com o verde-claro, ambos tons que funcionam como agentes purificadores. Cor cítrica, exerce também efeito rejuvenescedor, porque atrai e mantém sintonia com a leveza, a alegria e o bom humor.
Seu uso pode estimular o organismo a expelir células mortas e resíduos como catarro e mucos, fazendo com que a cor seja reconhecida pelo seu efeito laxante e desintoxicante.

Câncer de pâncreas: laço roxo

O pâncreas é responsável pela produção de hormônios e outras substâncias que auxiliam na digestão dos alimentos. O câncer que surge neste órgão é, em 95% dos casos, o adenocarcinoma, que se origina no tecido glandular. É responsável por cerca de 2% de todos os tipos de câncer incidentes no Brasil, sendo mais raro antes dos 30 anos de idade e mais comum a partir dos 60 anos, na população masculina.

Pela dificuldade de detecção em fases mais precoces, apresenta um prognóstico ruim, em função do diagnóstico tardio e de seu comportamento agressivo.

O tabaco aparece como o principal fator de risco para o surgimento desse tipo de câncer, que acomete três vezes mais os fumantes. A doença também está relacionada ao consumo excessivo de gordura, de carnes e de bebidas alcoólicas, e à exposição a compostos químicos, como solventes e derivados do petróleo.

O diagnóstico da doença se dá através das manifestações clínicas associadas à exames de imagem que mostram a presença de lesão expansiva no pâncreas, confirmada por exame anatomopatológico. O tratamento pode envolver quimioterapia, radioterapia e cirurgia.

Não fumar, evitar a ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e uma dieta saudável são medidas válidas para se prevenir o câncer de pâncreas.

 

Qual o significado do roxo, cor relacionada ao câncer de pâncreas?

O roxo, ou violeta, estimula o metabolismo do cálcio e atua na formação hormonal. É anti-inflamatório, desinfeccionante, antiestressante. Do ponto de vista psicológico, possui efeito curativo, sendo indicado para exercícios de concentração e meditação, no tratamento de moléstias mentais e nervosas, tumores, câncer, raquitismo, perturbações no baço e problemas na bexiga.

Câncer de ovário: laço verde claro

O câncer de ovário é um tipo de câncer ginecológico que se origina nos órgãos reprodutores femininos. Cerca de 90% dos casos são não hereditários e podem ocorrer em qualquer faixa etária, mas acometem principalmente mulheres acima de 50 anos.

A maioria dos tumores só apresenta manifestações clínicas em estágios mais avançados da doença, o que dificulta o diagnóstico precoce. À medida que o tumor cresce podem surgir sintomas como aumento do volume abdominal, constipação intestinal ou diarreia, sangramento vaginal, dores abdominais, massa abdominal palpável e emagrecimento, entre outros.

Seu desenvolvimento está relacionado a fatores genéticos, ambientais e hormonais. Fatores como a multiparidade (múltiplos filhos), amamentação, uso de pílulas anticoncepcionais, ligadura tubária (laqueadura), histerectomia (retirada do útero) e salpingo-oforectomia (retirada dos ovários e tuba) bilateral são considerados protetores contra a doença.

Para a prevenção primária deve-se priorizar hábitos de vida saudáveis, com alimentação adequada e controle de peso, associados ao exame ginecológico de rotina. Em caso de parente de primeiro grau com câncer de ovário e/ou mama, o controle deve ser mais rigoroso.

A cirurgia, associada ou não à quimioterapia, constitui a principal modalidade terapêutica.

 

Qual o significado do verde claro, cor relacionada ao câncer de ovário?

O verde significa vigor, frescor, esperança e calma. Enquanto verde escuro está associado ao masculino e lembra grandeza, como um oceano, o verde claro remete ao contentamento e à proteção. Estimula sentimentos de paz, segurança, esperança em abundância e confiança.

Cor universal da natureza, está muito associada a temas ecológicos. É a cor da sustentabilidade e da ecologia.

Câncer de tireoide: laço rosa e azul

A função da tireoide é produzir hormônios que atuam na regulação do metabolismo. Suspeita-se que a incidência do câncer nesta glândula seja maior pelo fato de ser um tumor geralmente pouco agressivo, que pode passar despercebido ao longo da vida.

É responsável por cerca de 1% de todos os tumores malignos do corpo, é três vezes mais comum nas mulheres que nos homens e dois em cada três casos ocorrem na faixa etária dos 20 aos 55 anos de idade.

Os fatores de risco mais comumente associados ao câncer de tireoide são decorrentes de síndromes genéticas e radiação na região do pescoço para tratamento de doenças anteriores e a algumas.

Geralmente começa como um tumor pequeno que se manifesta como um nódulo assintomático. Ao começar a crescer, as células malignas podem invadir a membrana que reveste a tireoide. Caso o crescimento prossiga, elas se disseminam pela circulação linfática, acometendo os linfonodos do pescoço (mais comuns nos carcinomas papilíferos), ou pela circulação sanguínea, migrando para os pulmões e ossos (mais comum nos carcinomas foliculares).

Quando os sinais aparecem, podem ocorrer aumento dos gânglios linfáticos e do volume do pescoço, rouquidão, tosse persistente, dificuldade para engolir e sensação de compressão da traqueia. O principal exame para chegar ao diagnóstico é a biópsia, seguida ou não de exame imuno-histoquímico.
Em geral, o tratamento do câncer de tireoide é cirúrgico e leva em conta o tipo e a gravidade da doença, que pode exigir também o uso de radioterapia e/ou quimioterapia.

 

Qual o significado das cores azul e rosa, relacionadas ao câncer de tireoide?

O rosa é a cor que vibra o amor e enaltece a beleza feminina. Energiza o sistema nervoso, é tonificante e purificador sanguíneo. Indicado para desintoxicar os centros nervosos, tonificar e vitalizar os nervos e favorecer a circulação.
O azul, por sua vez, é uma cor suavizante e calmante que atua no sistema nervoso central. Possui propriedades antissépticas, refrescante e adstringente. Vitaliza as glândulas tireoide e paratireoides, além dos órgãos da garganta e do sistema respiratório. Do ponto de vista psicológico, proporciona relaxamento, paz e quietude.

OUTUBRO

Câncer de mama: laço rosa

Assim como os tumores de outras partes do corpo, o câncer de mama acontece quando, através de estímulos diversos, uma célula sofre dano em seu DNA e passa a se multiplicar de forma acelerada e desordenada, substituindo o tecido saudável. Tem a capacidade de invadir outros órgãos localmente ou à distância, através da circulação sanguínea ou linfática.

É o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheres, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma. Sua incidência é mais elevada em regiões desenvolvidas e em desenvolvimento, fato atribuído ao envelhecimento da população, à urbanização, a mudanças no estilo de vida e também pelo maior acesso aos exames diagnósticos. Embora raro, o câncer de mama pode afetar os homens, que representam menos de 1% do total de casos.

A mortalidade por câncer de mama em alguns países desenvolvidos tem reduzido, em grande parte devido ao diagnóstico precoce e aos avanços no tratamento. Entretanto, ela continua alta nos países em desenvolvimento. No Brasil, representa a principal causa de mortalidade por câncer entre as mulheres.

Os fatores de risco estão relacionados à idade, etnia, história familiar positiva, exposição hormonal prolongada, álcool, tabagismo e obesidade. Amamentação, ingestão de dieta saudável (rica em verduras e frutas) e prática de exercícios físicos têm sido apontados como possíveis fatores de proteção para a doença.

Particularmente em fases mais iniciais, o câncer de mama é assintomático na maioria das vezes, podendo ser identificado através de exames de rastreamento, como a mamografia. O paciente (mulher ou homem) pode, entretanto, apresentar nódulo na mama, aumento no tamanho dos linfonodos das axilas ou de outras regiões, alterações da pele, no mamilo, edema e dor na mama, entre outros.

O tratamento depende do estágio em que a doença é diagnosticada, idade e condições clínicas do paciente. Deve ser sempre individualizado, levando-se em conta as possibilidades, riscos e benefícios de cada intervenção. Por isso, pacientes com doenças no mesmo estágio podem realizar tratamentos diferentes, dependendo das características do tumor e do indivíduo.

Quando detectada em estágios iniciais, as taxas de cura são grandes. O tratamento é multidisciplinar, envolvendo a cirurgia, hormonioterapia, quimioterapia e radioterapia. Quando a doença se encontra em estado mais avançado (metástases), o paciente também pode passar por mais de uma modalidade de tratamento, visando o controle da doença por mais tempo e melhor qualidade de vida.

 

Qual o significado do rosa, cor relacionada ao câncer de mama?

O rosa é a cor que vibra o amor e enaltece a beleza feminina. Energiza o sistema nervoso, é tonificante e purificador sanguíneo. Indicado para desintoxicar os centros nervosos, tonificar e vitalizar os nervos e favorecer a circulação.

Câncer de fígado: laço verde musgo

O fígado é um órgão de extrema importância, responsável pela degradação e metabolização de muitas substâncias nocivas para o corpo humano, pela produção de bile para a digestão, pela transformação de várias substâncias em nutrientes necessários para o organismo e pela produção de proteínas essenciais para a coagulação e manutenção do equilíbrio de fluidos no corpo.
Sua capacidade de regeneração é impressionante e o fígado consegue manter sua função mesmo quando são retirados dois terços do órgão. Tem como células predominantes os hepatócitos, onde se originam os hepatocarcinomas, um dos tumores malignos mais frequentes do trato digestivo.

O câncer de fígado geralmente começa como um nódulo isolado ou como nódulos múltiplos no interior do órgão. Nas fases iniciais, o crescimento costuma ser lento e assintomático, de modo que, quando o diagnóstico é feito, a doença já se encontra em estágio avançado, comprometendo extensas áreas.

Por essa razão, somente 20% a 30% dos pacientes com hepatocarcinoma apresentam tumor ainda restrito ao fígado no momento do diagnóstico. Os demais já chegam com os linfonodos próximos ao órgão invadidos ou metástases à distância, principalmente nos pulmões, pleuras, peritônio e ossos.

Entre os principais fatores de risco para o câncer de fígado estão a cirrose, infecção pelo vírus da hepatite B e da hepatite C, alimentos que contêm aflatoxina, doenças metabólicas, lesões pré-malignas e uso inadequado de esteroides anabolizantes
A doença pode apresentar como sintomas dor no lado direito do abdômen com irradiação para a região do ombro direito, cor amarelada da pele e dos olhos, falta de apetite, perda de peso, cansaço, palidez e febre. Quando apresenta metástase, a doença causa aumento do volume abdominal, falta de ar a pequenos esforços e dores ósseas.

A melhor forma de prevenir o aparecimento de tumores malignos no fígado é evitar as condições predisponentes, como cirrose alcoólica ou induzida pelas hepatites crônicas (B ou C). Para não desenvolver cirrose hepática é preciso controlar a quantidade de álcool ingerida; já a transmissão do vírus da hepatite B pode ser prevenida com vacinação.

 

Qual o significado do verde musgo, cor relacionada ao câncer de fígado?

O verde simboliza esperança, dinheiro e é sagrado para os muçulmanos. Além do aspecto positivo, que compreende também juventude, alegria e natureza, é a cor que representa o ciúme. Desde a Antiguidade, está associado à natureza pelo fato de o deus da vegetação (Osíris) ser representado muitas vezes nessa cor. A associação do verde à juventude decorre do contraste com o amadurecimento dos frutos.

NOVEMBRO

Câncer de próstata: laço azul

A próstata é uma glândula pertencente ao aparelho reprodutor masculino e está localizada logo abaixo da bexiga e na frente do reto e da uretra. Como todo órgão possui várias células em seu composto, porém, a maioria dos casos de câncer de próstata tem início nas glândulas responsáveis pela produção de parte do líquido seminal (sêmen), que protege e nutre os espermatozóides. São os chamados adenocarcinomas.
Na maioria das vezes, o tumor cresce de forma lenta; em alguns casos, porém, o câncer se desenvolve e se prolifera de maneira muito rápida. É o segundo tumor mais frequente entre os homens brasileiros, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Com relação aos números de mortes causados por câncer, o de próstata está na segunda posição; a primeira é ocupada pelo câncer de pulmão.

Em grande parte dos casos, no estágio inicial do câncer de próstata, não são apresentados sintomas. Quando eles surgem, entretanto, pode levar à micção mais frequente, dificuldade em começar a urinar, dificuldade em continuar a urinar depois que começou, sangue na urina, micção dolorosa e ejaculação dolorosa (menos comum).

Por mais constantes que sejam os estudos, ninguém ainda descobriu a causa exata do câncer de próstata. Acredita-se, porém, que alguns fatores de risco influenciam em seu desenvolvimento, a exemplo da idade, genética, alimentação, medicação, obesidade, doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e o Agente Laranja, mistura de dois herbicidas utilizado como desfolhante pelo exército dos Estados Unidos na Guerra do Vietnã.

O câncer de próstata pode ser diagnosticado através de diversos exames, incluindo os de detecção precoce (toque retal e dosagem de PSA). As chances de cura vão depender bastante do estágio em que a doença se encontra.

Descobrir em qual estágio o câncer se encontra é fundamental para determinar o tipo de tratamento, que pode exigir radioterapia, terapia hormonal, cirurgia para remoção da próstata, congelamento do tecido da próstata, quimioterapia e/ou imunoterapia.

 

Qual o significado do azul, cor relacionada ao câncer de próstata?

O azul é uma cor suavizante e calmante que atua no sistema nervoso central. Possui propriedades antisépticas, refrescante e adstringente que vitalizam as glândulas tireóide e paratireóides, além dos órgãos da garganta e do sistema respiratório.
Do ponto de vista psicológico, proporciona relaxamento, paz e quietude. Indicado para problemas de garganta em geral, febres, inflamações, dores de cabeça, insolação, disfunções da hipófise e da tireóide, insônia, queimaduras e nervosismo.

 

Câncer de pulmão: laço branco

O câncer de pulmão é um dos tipos de câncer mais frequentes em homens e mulheres e com os maiores índices de mortalidade e letalidade.

O fator de risco mais importante para sua ocorrência é o tabagismo, uma vez que os fumantes têm de 20 a 30 vezes mais chances de desenvolver a doença do que não os fumantes; risco que depende da quantidade de cigarros consumida, duração do hábito e idade de início do tabagismo.

Os sintomas mais comuns são tosse persistente e progressiva, escarro com sangue, falta de ar, cansaço, dor no tórax, emagrecimento, nódulos palpáveis em região supraclavicular e rouquidão.

Com as evidências científicas disponíveis até o momento, a maneira mais segura de prevenir a morte e as complicações pelo câncer de pulmão é a interrupção do tabagismo, que implica na queda do risco de desenvolvimento do câncer de pulmão. Esta redução de risco ocorre de maneira gradual e progressiva ao longo de 15 anos. Após esse período, o risco se estabiliza, permanecendo 2 vezes maior para um fumante em comparação a um não fumante.

Apesar dos avanços no tratamento do câncer de pulmão nas últimas décadas, o prognóstico da doença em fase avançada é desfavorável. Sua detecção em fase inicial, portanto, oferece maior chance de tratamento e cura.

O diagnóstico do câncer de pulmão envolve profissionais de diferentes especialidades, sendo o RX de tórax muitas vezes o primeiro exame a ser realizado, seguido pela tomografia de tórax e biópsia.

Antes de qualquer tratamento, entretanto, o paciente será submetido à uma série de exames chamados de exames de estadiamento, para avaliação da extensão da doença. Esta análise é fundamental para uma melhor análise das condições de saúde e da melhor abordagem terapêutica. São exemplos a tomografia do tórax e abdômen, cintilografia óssea, exame de imagem do cérebro por ressonância nuclear magnética e tomografia por emissão de pósitrons ( PET-scan ).

O tratamento da doença também é multidiscliplinar e depende muito do subtipo de câncer e da fase em que a doença se encontra. No que se refere ao câncer não pequenas células de pulmão, o tratamento cirúrgico é indicado em fases iniciais, podendo ser complementado ou não com quimioterapia.

 

Qual o significado do branco, cor relacionada ao câncer de pulmão?

O branco é a união de todas as cores numa combinação perfeita de frequências coloridas. Indicado para energizar todo o corpo, transmite paz, calma e pureza. Também está associado ao frio e à limpeza. A palavra branco deriva do franco blank, “claro, branco, brilhante”. Substituiu o latim albus, de mesmo significado, que deixou palavras como alvo e alvejante.

Câncer de estômago: laço azul claro

O câncer de estômago se caracteriza pelo aparecimento de um conglomerado de células malignas na mucosa gástrica que, com o tempo, resultam no aparecimento e desenvolvimento de um tumor.

Os sintomas, silenciosos e muito inespecíficos, estão associados à perda de peso, dor abdominal, dificuldades para engolir, má digestão, vômitos após as refeições, fezes escuras e massa palpável no abdome.

Constituem fatores de risco para a doença dieta rica em sal e alimentos conservados em sal; baixo consumo de frutas, vegetais e fibras; dieta rica em nitritos; obesidade; tabagismo e predisposição genética.

Como prevenção, recomenda-se a prática regular de atividade física, combate à obesidade, dieta rica em frutas, verduras, legumes e fibras, consumo moderado de sal e alimentos defumados e combate ao tabagismo.

O maior desafio está em promover o diagnóstico precoce, estágio em que a doença é passível de tratamento e cura. Geralmente, os exames diagnósticos, como a endoscopia digestiva, são realizados apenas mediante sintomas sugestivos da doença.

Nos casos mais avançados, em que a doença compromete outros órgão além do estômago, a terapia sistêmica com uso intravenoso de quimioterapia e/ou drogas é a base do tratamento, sendo a cirurgia e a radioterapia indicadas de forma específica a cada paciente.

 

Qual o significado do azul claro, cor relacionada ao câncer de pulmão?

O azul claro significa tranquilidade, compreensão e frescor. É a cor do céu iluminado, das alturas, do espírito e do pensamento. Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade e a sutileza. Simboliza também o ideal e o sonho. É a mais fria das cores frias e provoca uma sensação de frescura e higiene, principalmente combinado com o branco.

DEZEMBRO

Não há tipo específico de câncer no mês de dezembro